Frente de Evangélicos: Por que Lula livre?


Frente de Evangélicos Pelo Estado de Direito divulga nota apoiando a “Jornada Lula Livre”, que acontece neste domingo em todo o Brasil e no mundo, contra um ano da prisão arbitrária do ex-presidente Lula.


Publicado em 07/04/2019.

Foto: Divulgação, retirada da página da Frente de Evangélicos Pelo Estado de Direito.

Apartidária, a Frente de Evangélicos Pelo Estado de Direito divulgou um texto em sua página no Facebook apoiando a “Jornada Lula Livre”. A manifestação contra a prisão arbitrária do ex-presidente, que completa um ano, acontece neste domingo (07) em vários estados do Brasil e países do mundo todo, como Alemanha, EUA, França e Itália. Veja a programação ao final da matéria.

Em artigo publicado hoje no jornal Folha de S. Paulo, Lula criticou a política do governo Bolsonaro, lembrou o golpe contra Dilma Rousseff e falou de sua prisão sem provas:

Faz um ano que estou preso injustamente, acusado e condenado por um crime que nunca existiu. Cada dia que passei aqui fez aumentar minha indignação, mas mantenho a fé num julgamento justo em que a verdade vai prevalecer. Posso dormir com a consciência tranquila de minha inocência. Duvido que tenham sono leve os que me condenaram numa farsa judicial.

Em seu texto, a Frente reconhece que não há provas que sustentem a condenação de Lula, sendo parte do plano que impediu Dilma e tirou o ex-presidente das eleições presidenciais de 2018, quando Lula liderava com folga as pesquisas de intenção de voto.

Leia abaixo o texto na íntegra.

POR QUE LULA LIVRE?

Nós, mulheres e homens que formamos a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, apoiamos a Jornada Lula Livre, promovida neste próximo domingo (7/4), data em que se completa um ano desde que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi encarcerado.

Entendemos que a condenação que o levou à prisão, e seu impedimento para disputar a presidência da República durante as eleições de 2018, são peças centrais do golpe que destituiu a legítima presidenta Dilma Rousseff de seu cargo, em 2016, abrindo caminho para a onda de violência, ódio, crescimento das desigualdades, avanço do desemprego, pobreza e retiradas de direitos, tais quais estamos presenciando. Especialmente após a eleição de Jair Bolsonaro.

Compreendemos ainda que a condenação, baseada no “ato de ofício indeterminado”, justificação dada pelo ex-juiz e hoje ministro de Bolsonaro, Sérgio Moro, no processo do “tríplex do Guarujá”, constituem uma aberração jurídica e não consegue comprovar ou esclarecer nenhum crime cometido por Lula.

A Frente de Evangélicos, apartidária, mas fiel ao seu propósito de discutir o país, à luz da desigualdade social e da quebra do Estado de Direito, entende que a manutenção da prisão de Lula, nestas condições, impõe um capítulo obscuro na história de nossa democracia.

Liberdade para Lula é clamar para que os direitos democráticos da maior liderança política do país sejam respeitados. Para que não vivamos, todos nós, sob o arbítrio. Por essas razões, apoiamos a Jornada Lula Livre que acontece em todo o país, e em diversas partes do mundo, neste domingo, 7 de abril.

Programação da Jornada Lula Livre

Retirado da página oficial de Lula.

Acompanhe nossa Coluna Política!

Um comentário

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s