Opinião | A amizade em Jesus e Aristóteles e a superficialidade do virtual


“Não há maior prova de amor do que essa: dar a própria vida pelos amigos.” (Jesus, Livro de João 15:13)


Publicado em 01/02/2019.

Osmar Carvalho. Foto própria editada.

Certo dia, eu conversava com uma amiga virtual via Whatsapp. Devido aos muitos anos que nos conhecemos e falamos pelo aplicativo, ela me disse que já era uma amiga, perguntou se era especial, e me pediu para falar sobre isso. Respondi como segue.

Infelizmente, não pude responder que sim, estava certa e que eu concordava com ela. Pelo menos não no sentido mais sublime da palavra amizade.

Trata-se de uma categoria nova de amizade, a virtual. Fruto da modernidade.

Há vários tipos de amizade: profissional, sentimental, fraternal, etc. Aristóteles as descreveu e classificou. Mas, segundo ele, há uma amizade que é superior a todas as outras, a mais nobre. Tal amizade só pode existir entre pessoas nobres de sentimentos. O filósofo passa então a lançar os fundamentos, as condições pra que duas pessoas possam se chamar amigas.

O tempo é uma condição. Ponto pra nossa amizade. Mas não é tudo. Outra condição é a convivência, estar juntos. Isso é impossível no mundo digital. Mas, talvez a condição que mais caracterize e diferencie a amizade excelente aristotélica das demais seja o sofrimento. Para ele, “duas pessoas não podem se chamar amigas antes de provarem o sal juntas”, comungarem a dor. Quantas pessoas podemos apontar e dizer que estão dispostas a chorar nosso choro? Talvez nossa mãe, pai, somente…

O apóstolo Paulo mandou chorarmos com os que choram. Jesus desceu do céu para chorar conosco. Deus precisou ser e estar conosco.

Jesus foi ao radicalismo fraterno, disse que “não há maior prova de amor do que essa: dar a própria vida pelos amigos.” (João 15:13)

O Cristo lançou um fundamento escandaloso e louco da amizade: o sacrifício de si mesmo, em benefício do outro. Escândalo para os judeus, loucura para os gregos.

Salomão, considerado o mais sábio de seu tempo, disse algo parecido:

“Em todo tempo ama o amigo, e na angústia nasce o irmão.” (Provérbios 17:17)

Dito em outras palavras, o amigo ama sempre, mas a amizade nobre se mostra principalmente na hora da dor, do sofrimento.

De acordo com esses poucos critérios, ja fica claro que, definitivamente, a amizade virtual não é uma amizade das mais nobres e verdadeiras. Expressa em ‘likes’. É muito limitada, não há como expressar tudo digitando. Só essa limitação já limita a amizade também. A coisa fica superficial.

Palavras como essas de Aristóteles e Jesus são preciosidades que poucos conhecem. Quando ditas no Whatsapp, perdem todo o encanto de sua profundidade.

Umas coisas assim precisam ser ditas em uma mesa, num barzinho bem aconchegante, tomando uma cerveja, ou um vinho, um whisky… celebrando a noite!

As coisas ditas no Whatsapp parecem tão fúteis e efêmeras. Acho que nem valem a pena ser ditas.

É totalmente sem graça.

Talvez por ser adepto do texto longo, da profundidade das coisas, eu sofra mais com isso.

Não há sentimento, nem reação, nem expressões no rosto… não há calor humano. É sem vida, mórbido, frio.

Por isso eu falo pouco no Whatsapp. Nem gosto. Sinto como se estivesse perdendo meu tempo, jogando palavras ao léu.

Ninguém vai ter lembranças de conversas de Whatsapp. Nem do sexo virtual. Até porque é uma ilusão… Não é real. Nem a realidade aumentada pode mudar isso.

Precisamos estar juntos por mais tempo, sentir o calor do outro, o cheiro. Precisamos sentir suas dores. Sigamos os conselhos Paulo e Jesus. Pratiquemos Aristóteles, que buscava respostas para uma vida em sociedade mais feliz. Ele buscava respostas para saber o que era a felicidade, segundo ele, o objetivo maior dos seres humanos. A amizade é um dos caminhos.


Sobre o autor desse artigo

Osmar Carvalho é engenheiro e colaborador do Ativismo Protestante em São Paulo.

Acompanhe nossa Coluna Opinião!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s