Henrique Vieira: As igrejas devem se levantar pelo desarmamento


Segundo Vieira, pastor batista, “armas aumentam os riscos e a vulnerabilidade das pessoas”.


Publicado em 19/01/2019.

Henrique Vieira. Reprodução do Facebook.

Pastor da Igreja Batista do Caminho, no Rio de Janeiro, Henrique Vieira publicou texto no Facebook repudiando o decreto do presidente Bolsonaro que facilita o acesso às armas e aumenta os riscos de violência. Além disso, cobrou das igrejas um posicionamento contra a política armamentista.

“As Igrejas devem se levantar pelo desarmamento. Armas aumentam os riscos e a vulnerabilidade das pessoas. Em um país marcado pelo ódio e pela intolerância, quantos conflitos cotidianos vão se resolver na bala? O que deveria haver é um controle rígido e uma fiscalização séria sobre armas e munições. As Igrejas precisam, à luz do Evangelho, denunciar que a paz é fruto da justiça e que a justiça só se consegue com atitudes de paz” – disse Vieira.

O decreto armamentista de Bolsonaro e o Estatuto do Desarmamento

Até 2003, comprar uma arma no Brasil não era algo difícil, pois não havia brucrocaias legais. Após anos de estudos e uma longa discussão, que envolveu toda a sociedade, foi aprovado o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03), que passou a restringir a compra, a posse e o porte de armas de fogo. O decreto assinado por Bolsonaro flexibiliza as exigências do Estatuto do Desarmamento para aquisição de armas.

À época, o poder público pagou para que as pessoas entregassem suas armas. Houve grande mobilização da sociedade e muitas armas foram tiradas de circulação, evitando muitos crimes e salvando muitas vidas.

O decreto de Bolsonaro não trata da liberação do porte de armas, ou seja, civis continuam sem poder carregar armas pelas ruas, podendo apenas tê-las em casa ou no trabalho. Cada cidadão brasileiro, acima dos 25 anos de idade, poderá ter até 4 armas.

Parte dos eleitores de Bolsonaro ficou descontente com o decreto por isso, e já há discussões para a liberação do porte, impulsionadas pela bancada da bala no Congresso.

O canal do Justificando publicou um vídeo explicando os mitos que embalam o êxtase armamentista da extrema-direita no Brasil. Assista abaixo.

Acompanhe nossa Coluna Política!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s