Igreja Anglicana celebra primeiro casamento gay de SP


Primeiro casamento homoafetivo dos anglicanos em São Paulo seguiu cerimônia tradicional, como do príncipe Harry, e linguagem inclusiva.


Publicado em 25/11/2018.

Nesse sábado (24), Allana e Erika se casaram sob a bênção de um pároco da Igreja Anglicana na Grande São Paulo — Foto: Amanda Francelino/Arquivo Pessoal.

As dentistas Erika e Allana realizaram ontem o sonho de se casar na Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB). A cerimônia foi realizada pelo pároco Arthur Cavalcante, que atua na paróquia da Santíssima Trindade, uma das 14 dioceses de São Paulo, segundo informações do site G1.

Sempre fui praticante do cristianismo e depois que passei a me relacionar com a Allana busquei por uma igreja que me abraçasse, não que me apontasse. Cheguei até o anglicanismo por sugestão do meu irmão, que estuda ciências da religião e me disse que esta era uma igreja inclusiva, de todos, disse a mineira Erika Ramos Oliveira Bortolassi, de 31 anos, que já usa o nome de casada no civil.

As duas se conheceram há três anos, em uma confraternização da empresa em que trabalharam e foram morar juntos.

Cheguei a me questionar se eu estava em pecado, mas o pastor Arthur esclareceu que na Bíblia não há outra regra além do amor ao próximo e o distanciamento do ódio”, continuou Erika.

Segundo o pároco, a Igreja Anglicana segue tradicional, mas dialoga com as questões dos novos tempos:

A Igreja Anglicana é caracterizada por sua sensibilidade com as questões do mundo moderno, com seus anseios e conflitos, questionando valores petrificados, mas sempre dialogando com a tradição antiga, estudando os textos bíblicos.

Decisão histórica da IEAB aprovou o casamento homoafetivo

Em decisão histórica, durante o Sínodo Geral, seu órgão máximo, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) alterou seus cânones e estendeu o matrimônio a homossexuais. Foram 57 votos a favor, 3 contra e 2 abstenções, informou hoje (1) o Serviço de notícias da IEAB.

Nenhuma mudança litúrgica no rito cerimonial será necessária, pois foi adotada a neutralidade de gênero, adequada para celebrar a união de pessoas de quaisquer gêneros. Onde constava “marido” e “mulher” no texto, agora são “pessoas”.

– Senti a decisão como resultado da presença e trabalho do Espírito Santo. Isso amplia nossas fronteiras, permitindo que nós possamos ser mais acolhedoras(es) à diversidade no nosso país”, disse o Primaz do Brasil à época, Bispo Francisco de Assis da Silva.

Breve história do anglicanismo

A Igreja Anglicana é a terceira maior denominação cristã do mundo (cerca de 80 milhões de membros), atrás da Igreja Católica e das Igrejas Ortodoxas. É também uma das mais antigas do Brasil, chegando aqui no no final do século 19, quando a proclamação da República permitiu a atuação de outras igrejas no país.

Segundo informou o G1:

O anglicanismo é um ramo do cristianismo e tem suas origens na Inglaterra, no século 16, quando o rei Henrique VIII buscou a anulação de seu casamento e teve como resposta a recusa do papa. O evento, assim como a Reforma Protestante na Alemanha, ajudou a levar ao rompimento da coroa inglesa com a Igreja Católica Romana. O anglicanismo se tornou a religião oficial do Reino Unido e hoje representa cerca de 80 milhões de fiéis no mundo.

Acompanhe nossa Coluna LGBTI+!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s