Confederação de Pastores do Brasil declara apoio a Bolsonaro


Sob pretexto de ir contra o PT, Confederação de Pastores do Brasil declara apoio a Bolsonaro, candidato de extrema-direita.


Publicado em 25/09/2018.

Bolsonaro ensina criança a fazer arma com a mão em evento. Reprodução.

A polarização política chegou de vez às igrejas evangélicas, que já se posicionam sobre qual candidato irão apoiar. A Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil declarou apoio ao candidato de extrema-direita à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Presidente do órgão que reúne as principais denominações neopentecostais do país, o bispo Robson Rodovalho, da igreja Sara Nossa Terra, declarou à colunista da Folha de S. Paulo, Daniela Lima, que “não dá mais para ficar em cima do muro” com a ascensão do candidato do PT, Fernando Haddad, nas pesquisas.

Mudança de humor

Responsável por 1,5 milhão de fiéis, Rodovalho apoiou Haddad para prefeito de São Paulo, em 2012, mas agora afirma que só Bolsonaro é capaz de “colocar um freio de arrumação no Brasil”.

Polarização entre eleitores evangélicos

Segundo a pesquisa do último Datafolha, configura-se uma polarização entre Bolsonaro e Haddad, que se consolidou no segundo lugar, nas intenções de voto. Em um eventual segundo turno, Bolsonaro teria 51% dos votos dos evangélicos; Haddad, 34%.

Conversão de votos

De acordo com a colunista, os conselhos regionais de pastores ligados a Rodovalho mapearão redutos evangélicos para identificar simpatizantes de Haddad e tentar uma “conversão” de votos para Bolsonaro.

Acompanhe nossa Coluna Política!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s