Humor | Polícia Federal aguarda decisão da Globo News para soltar Lula


“Impasse jurídico sobre a decisão de soltar Lula levou a Polícia Federal de Curitiba a convocar corpo de comentaristas da Globo News, para por fim ao imbrólio.”

ere_1516594117101_1516594783186.jpg
Rio de Janeiro/RJ: 16/01/2018 – Ex-presidente Lula participa de ato com artistas e intelectuais. Foto: Ricardo Stuckert, editada. Fotos Públicas.

Após o desembargador plantonista do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) Rogério Favreto determinar a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na manhã deste domingo (8), a Polícia Federal de Curitiba ainda aguarda decisão final de analistas políticos da Globo News, para então cumprir ou não a ordem.

O prazo inicial para cumprimento do habeas corpus era de 10 horas, mas após o juiz Sergio Moro, que está de férias, emitir um despacho dizendo que não cumpriria a decisão, o caso virou uma batalha jurídica entre Favreto, Moro e o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator no processo contra Lula na 2º instância, também do TRF-4.

Moro disse que Favreto é “autoridade absolutamente incompetente”, por isso não poderia obedecer sua decisão. Disse também que consultou Gebran Neto “com urgência”, para saber “como proceder”. Após isso, Favreto emitiu um novo despacho, ratificando sua decisão de mandar soltar o ex-presidente.

Gebran Neto, por sua vez, deu ordens para que a Polícia Federal também não cumprisse a decisão de Favreto, pois ela seria conflitante com decisão da 8º turma do TRF-4, que já tinha decidido pela permanência de Lula na prisão.

Depois da ordem de Gebran Neto, Favreto emitiu novo despacho, às 16h04min, ordenando o cumprimento de sua decisão, no prazo de até uma hora, e a investigação de Moro pela corregedoria do tribunal e pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), a fim de saber se o juiz de Curitiba praticou “falta funcional” ao se recusar a libertar o ex-presidente.

Diante do impasse jurídico, a sede da Polícia Federal de Curitiba, onde Lula está preso,  convocou um corpo de comentaristas de política da Globo News para deliberar sobre o caso e por fim ao imbróglio. A decisão será acatada sem direito a recursos ou questionamentos.

Acompanhe nossa Coluna Humor!

 

 

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s