Humor | Horário de verão acaba e Temer atrasa o Rio para 1964

17/02/2018 – Temer chega ao Rio para reunião de trabalho sobre segurança. Foto: Alan Santos/PR, editada. Fotos Públicas.

Com o fim do horário de verão neste sábado  (17), o presidente da República, Michel Temer, decidiu, do nada, atrasar o Rio de Janeiro para o ano de 1964, através de um decreto, determinando intervenção militar no Estado. Segundo ele, a época lhe traz boas lembranças. A decisão pegou todos de surpresa.

– Eram anos de pluma, não de chumbo; as pessoas eram respeitadas e falavam bem o português. Cadê a mesóclise hoje em dia? Morreu… mas resgatá-la-ei! – disse Temer.

Especialistas criticaram a falta de justificativas para a medida extrema, já que dados comprovam que Estados muito mais violentos que o Rio.

– Trata-se de uma medida eleitoreira de alguém que quer se aparecer – disse um ex-comandante do BOPE.

Políticos da oposição acusam Temer de querer esconder o fracasso iminente da reforma da previdência, que parece não ter os votos necessários para ser aprovada.

Com o decreto, um general passa a comandar a segurança no Rio e as polícias de lá. Moradores dos morros demostraram preocupação, e o sonho de muitos já é ser morador do Leblon.

Acompanhe nossa Coluna Humor!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s