Bandidos obrigam umbandistas a destruírem terreiros no RJ [Vídeo]


Umbandistas foram forçados a destruir seus próprios terreiros, no Rio de Janeiro, sob mira de armas e ameaças de morte.

maxresdefault
Umbandistas foram obrigados a destruir seus terreiros no RJ. Reprodução.

Vídeos viralizados das redes sociais mostram criminosos obrigando umbandistas a destruírem seus próprios terreiros, no Rio de Janeiro, sob mira de armas e ameaças de morte. Ordens teriam sido dadas por criminosos que comandam as comunidades carentes, motivados por intolerância religiosa de cristãos contra religiões de matizes africanas.

Os bandidos usam jargões evangélicos, como “o sangue de Jesus tem poder” e “em nome de Jesus”, ao mesmo tempo em que acusam as vítimas de serem “demônio-cehefe” e “capeta-chefe”. Tais vocabulários levantaram a suspeita de que líderes evangélicos radicais estariam por trás dos ataques.

Um dos vídeos mostra uma senhora quebrando o que seria seu terreiro, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O outro, mostra um homem sendo obrigado a destruir seu local de culto, no Parque Flora, também em Nova Iguaçu.

Segundo informou a CBN, no dia 13/09 o secretário de Segurança, Roberto Sá, se reuniu com o secretário estadual de Direitos Humanos Átila Nunes e o chefe da Polícia Civil, Carlos Leba, para discutir a possível criação da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância.

Assista ao vídeo abaixo!

Acompanhe nossa Coluna Igrejas!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s