Bolsonaro é condenado pela terceira vez por injúrias à Maria do Rosário e pede música no Fantástico

wp-image--1952551659
14/09/2016- Brasília- DF, Brasil: Deputado Jair Bolsonaro discute com a deputada Maria do Rosário durante comissão geral, no plenário da Câmara. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil (editada).

Por unanimidade, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve nesta terça-feira (15) a condenação do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por danos morais contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), por incitação ao estupro. Pelo feito, o deputado poderá pedir música no Fantástico.

Em dezembro de 2014, Bolsonaro reafirmou, em entrevista a um jornal, o que já dissera na Câmara dos Deputados :

“Ela não merece ser estuprada porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece.”

Bolsonaro já havia sido condenado em 1ª e 2ª instância. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal o condenou a pagar indenização de R$ 10 mil por danos morais, além de ter que se retratar publicamente em jornais e em suas redes sociais.

Além desse processo, na área cível, Bolsonaro também é réu no Supremo Tribunal Federal (STF), pelas mesmas ofensas.

Petistas já compraram pipoca, rojões e guaraná e aguardam a próxima edição do programa dominical da vênus platinada.

“Tem talento para ofender mulheres!”, ironizou uma simpatizante da Rosário.

Acompanhe nossa Coluna Humor!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s