Suicídio não é pecado sem perdão, afirma pastor Augustus Nicodemus [Vídeo]

“O suicídio é pecado! Todavia, ele não é pecado sem perdão. O único pecado sem perdão que tem na Bíblia é a blasfêmia contra o Espírito Santo. E provavelmente esse pecado não é cometido por alguém que é crente” – disse Nicodemus.

Augustus Nicodemus
Pastor Augustus Nicodemus. Imagem: Reprodução do Youtube.

Em uma conferência para jovens – que aconteceu em junho desse ano, em Atibaia – o pastor da Igreja Presbiteriana de Goiânia, Augustus Nicodemus, disse que o suicídio é pecado, mas não um pecado sem perdão, como muitos acreditam.

A afirmação foi uma resposta à pergunta feita por uma garota, sobre como o cristianismo lida com a questão do suicídio e da depressão.

“O suicídio é pecado! Todavia, ele não é pecado sem perdão. O único pecado sem perdão que tem na Bíblia é a blasfêmia contra o Espírito Santo. E provavelmente esse pecado não é cometido por alguém que é crente” – disse Nicodemus.

O pastor disse que qualquer um pode cometer esse atentado extremo contra a própria vida, porém o amor de Deus é maior:

“Pode acontecer –  por pressões externas, problemas psicológicos, problemas existenciais –  que um crente, num momento de fraqueza, ceda; e ele então veja o tirar sua própria vida como sendo a única forma de escapar das angústias, da depressão, das trevas que ele está passando naquele momento.”

Nicodemus colocou o amor de Deus como algo maior do que o ato suicida:

“É pecaminoso, mas não será isso que haverá de separá-lo da graça de Deus e do perdão que é dado em Cristo Jesus. Se a nossa salvação vai depender de na hora da nossa morte a gente ter colocado em dia todos os nossos pecados, então pouca gente vai escapar, não é? Então, a pessoa que cometeu o suicídio e atentou contra a própria vida, de fato pecou contra o mandamento ‘Não matarás’, mas isso não a impedirá de entrar no gozo da vida eterna porque a salvação é dada pela graça de Deus e nada pode nos separar disso.”

Ao final, o pastor fez uma analogia:

“Se eu estiver em uma rodovia, brigando com a minha mulher, discutindo com ela, brigando feio com ela, e de repente nós temos um acidente e morremos ali naquele momento sem termos tido a oportunidade de nos reconciliar, não vai ser isso que vai impedir de entrar na vida eterna, porque é pela graça e misericórdia de Deus”.

Assista ao vídeo abaixo!

Acompanhe nossa Coluna Igrejas!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s