Comovente: menino chamado Impeachment completa um ano de idade e amigos não comparecem à festa

deputado solta confete
Deputado Wladimir Costa (SD-PA) solta confete após votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Imagem: Reprodução da internet.

No último dia 17 de abril, o impeachment de Dilma Rousseff completou um ano, em um processo que se arrastou até o dia 31 de agosto de 2016, culminando no afastamento definitivo da então presidenta da República. Porém, nenhum dos amigos da criança compareceu à festa.

O pai da criança, o deputado federal cassado Eduardo Cunha, não pôde comparecer, pois está preso em Curitiba, onde cumpre pena de mais de 15 anos de prisão pela Lava Jato.

A mãe do menino, o atual presidente Michel Temer, também justificou a ausência: “Com quase 90% de rejeição, mal posso andar pelas ruas…bebam e comam muitas pizzas por mim!”

Responsável pelos confetes, o deputado Wladimir Costa lamentou não poder comparecer: “O Tribunal Eleitoral Regional do Pará cassou meu mandato, a fonte de grana secou…estou duro!”

O cara da “Jujuba”, Bruno Araújo (PSDB-PE), deputado que deu o voto definitivo para o afastamento de Dilma (342º dos 367 “sim”) acabou se tornando ministro das Cidades de Temer e disse a razão de não poder comparecer: “Estou enrolado no Supremo (STF)…”

Paulinho da força, deputado responsável pelo som (cantou “Dilma vai embora que o Brasil não quer você, e leva o Lula junto e os vagabundos do PT”) também mandou um recado para o pobre e solitário menino: “Tô na mesma pegada do “Jujuba”!”

A responsável pelo discurso motivacional, deputada Raquel Muniz (PSD-MG), que soltou “o meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito, e o prefeito de Montes Claros mostra isso a todos nós”, preferiu ficar com o maridão em casa: “A Polícia Federal pode aparecer aqui em casa a qualquer momento…melhor ficar com ele.”

Responsável pelas pizzas, o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), também deu o cano: “Estou brigado com a turma de cima, da Odebrecht! Ficam me zuando, chamando de “Boca Mole”!”

Impeachment lamentou as ausências: “Poxa! Nem os familiares citados por eles na hora de votar apareceram…nem o pato amarelo…nem a galera da camisa do Brasil…nem as promessas de um Brasil melhor…foi um golpe duro pra mim!”

Veja o vídeo abaixo:

Acompanhe nossa Coluna Humor!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s